Dicas para tornar seu apartamento mais sustentável
01 de Julho de 2020

Dicas para tornar seu apartamento mais sustentável

Quando se fala em ser mais sustentável dentro de casa, a maioria das pessoas pensa que é preciso ter um espaço amplo e adotar medidas que demandam grande investimento de tempo e recursos. Mas você sabia que é possível ser sustentável em um espaço limitado como os apartamentos? 

Para fazer a sua parte e contribuir com o meio ambiente, não é necessário possuir um grande jardim ou investir em painéis solares. Com simples mudanças de hábitos é possível transformar o seu apartamento em um ambiente mais saudável para você e para o planeta.

Por isso, hoje nós trazemos algumas dicas simples, porém efetivas, que você pode adotar dentro da sua casa. Continue acompanhando o artigo.   

Dicas para tornar seu apartamento mais sustentável

1.Realize a coleta seletiva

Separar o lixo orgânico do reciclável é uma atitude fundamental para o meio ambiente e deve ser realizado por todos. Afinal, a reciclagem reduz significamente a quantidade de lixo nos aterros sanitários, estende o tempo de vida útil dos materiais e ainda economiza recursos naturais do planeta. 

Resíduos como papel, plástico, metal e vidro devem ser descartados em uma lixeira diferente dos restos de alimentos e matéria orgânica. Duas lixeiras separadas já são o suficiente para iniciar a coleta seletiva no seu apartamento. 

E lembre-se de sempre higienizar as embalagens antes de descartá-las. 

Atualmente, a grande maioria das cidades já realiza a coleta seletiva, ou seja, o lixo inorgânico é separado e destinado corretamente para empresas que farão o reaproveitamento desses materiais, gerando novos bens de consumo. 

Se na sua região não existe coleta seletiva, a dica é procurar por cooperativas e grupos de reciclagem que realizam esse trabalho. 

2.Economize água

A água doce é essencial para a manutenção da vida no planeta, todos os seres vivos precisam dela. Mas apesar de ser tão importante, esse recurso é esgotável. Ou seja, se a água não for utilizada com consciência, ela pode acabar, resultando em graves crises hídricas para as próximas gerações. 

Você pode fazer a sua parte economizando água durante as atividades do dia a dia. Procure diminuir o tempo de banho, desligue a torneira enquanto escova os dentes e ensaboa as louças e utilize a máquina de lavar apenas quando acumular uma boa quantidade de peças sujas. 

Outra dica é investir em um arejador de torneira. Essa peça adiciona ar à água, diminuindo a vazão de líquido, mas mantendo a sensação de volume. Com esse dispositivo, que pode ser encontrado a partir de R$ 10,00, você reduz o consumo de água, ajudando o meio ambiente e o seu bolso. 

3.Invista em lâmpadas de LED

Substituir as lâmpadas incandescentes e fluorescentes da casa por lâmpadas LED pode representar um gasto significativo no início. Contudo, em apenas alguns meses a economia na conta de luz paga o investimento. 

Afinal, a lâmpada LED é 60% mais econômica do que os modelos fluorescentes e até 90% mais econômica do que as lâmpadas incandescentes.

Além disso, a vida útil das lâmpadas LED é bem maior do que os demais modelos existentes no mercado. 

4.Economize energia elétrica

Para reduzir o valor na conta de luz e ajudar a evitar situações de racionamento de energia, procure sempre seguir algumas sugestões simples. 

  • Apague a luz quando o cômodo estiver vazio;
  • Utilize o ar-condicionado com consciência;
  • Desligue os aparelhos eletrônicos da tomada (a famosa luzinha stand-by da televisão, por exemplo, pode representar uma parcela significativa na conta de luz no final do mês);
  • Fique de olho na borracha da geladeira, quando ela estiver gasta é importante substituir por uma nova para que o aparelho não consuma tanta energia para se manter em funcionamento;
  • Mantenha o chuveiro regulado na posição “verão” sempre que possível.

5.Cultive plantas nos ambientes

Você sabia que manter plantas dentro de casa melhora a qualidade do ar e ajuda a regular a temperatura do ambiente? 

Plantas nativas da sua região, além de temperos e hortaliças cultivados em pequenos vasos levam mais frescor e beleza aos cômodos e promovem a circulação do ar, sem exigir muitos cuidados. 

Além do mais, manter uma pequena horta em casa traz para a alimentação diária mais alimentos orgânicos que contribuem para a sua saúde e bem-estar.

Viu só como não é necessário dispor de grandes espaços e recursos para investir em atitudes sustentáveis?

Com as dicas que hoje você pode tornar o seu apartamento um ambiente mais sustentável que beneficia o meio ambiente, a sua saúde e o seu bolso!

Comentários para este post
Leia também
Inscreva-se em nossa newsletter